Tags

, , , , , ,

Alimento Celeste

” O Amor é uma fonte de Luz muito poderosa.
Um coração cheio de Amor ilumina toda uma noite escura. ”

Quando estamos tristes devemos lembrar deste Amor Maior, do carinho que a Mãe Terra nos dá dia-a-dia nos alimentando com seus frutos e hortaliças, com a chuva que alimenta a terra, com o sol que ilumina tudo e a todos.

Os anjos celestes participam de todos estes processos, ajudando no que é preciso. Assim quando vocês precisarem se alimentar, lembrem que em cada alimento contém um pouquinho dos Seres Celestes. Contém muito amor, muita luz e carinho deles.

Se você está triste lembre disso, se encha deste amor se alimentando de algo natural. Faça um chá e reverencie as plantas, a terra, o sol, a chuva, os ventos, os pássaros (que levam sementes de um lado ao outro) e os seres que trabalham em prol de tudo isso para que você possa usufruir deste carinho, deste amor e se alimentar em todos os níveis.

Pai João da Caridade está aqui para vocês, assim como os Seres Celestes estão na natureza para as plantas e animais.

Peçam ajuda, nós fazemos algumas coisas para ajudá-los, mas não podemos nos intrometer em algo se não nos chamarem. Somos como seus amigos íntimos, ajudaremos até um limite para não interferir no livre arbítrio de vocês.
Se você tem um problema, quer dividir com alguém que seja seu amigo e que possa ajudar, então nos peça, estamos aqui a espera de sua solicitação.

Os desencarnados que vocês reverenciam nada mais são do que amigos de vocês, não tem porque ter uma distância. Não somos seres super poderosos, somos como vocês, só que com uma visão um pouco melhor do conjunto. Algo que vocês vêm pontualmente nós vemos globalmente, por isso em alguns, vários, casos podemos ajudar.

Se um filho está aprendendo a caminhar o pai ajuda, mas tem que deixar ele cair algumas vezes para que ele fortaleça suas pernas e possa se levantar sempre que precisar. Por isso não interferimos em todas as vezes que vocês caem. Vocês precisam aprender por si mesmos como se levantarem.

Uma pena que alguns ficam lá caidos chorando, não tomam atitude de tentar se levantar, ficam cômodos sentados no chão. Não tem a capacidade nem de tentar levantar, aí não podemos ajudar, porque seria muita folga!

Parem de chorar, de reclamar e tentem caminhar por si só!

Aprendendo a trabalhar suas energias é uma das formas de se equilibrarem num momento de tropeço, de quedas, porque se você ficar nervoso ai que não vai conseguir andar.

Equilibre-se, energize-se, mantenha seu equilibrio, se alimente do Amor de Deus que paira no ar, que dá vida aos alimentos, que está no sopro da vida.

Inspirem… expirem, inspirem… expirem, inspirem… expirem.

Tem pessoas que vivem só disso, porque tem a capacidade de absorver todo o prana* que está contido no ar e não precisam de mais nada.
Não recomendo a vocês, pois isto é um treino de uma vida inteira e não é possivel fazer isso da noite para o dia.

Assim como o vegetarianismo para quem não é, tem que ir largando as carnes aos poucos, primeiro um tipo, depois outro e assim por diante.

Força e perseverança na jornada, estamos aqui para vocês e por vocês.

Se levantem, caminhem e quando estiverem querendo correr, lhe daremos as mãos para correrem mais rápido.

Com carinho seus amigos espirituais, com todo Amor Divino, Paz e Luz.

*Prana – palavra em sanscrito para Energia Vital, Energia Cósmica. Para os chineses seria Chi; para os japoneses Ki; em tibetano Lung; em lakota sioux Neyatoneyah; para os kalaharis seria Num; para os islâmicos seria Barraka; aos hebreus é Ruach.

Corrente de Pai João da Caridade – Psicografado por Débora Baruzzi Brandão

NERC, 18 de Outubro de 2011